sábado, 27 de agosto de 2011

Contrários-Padre Fábio de Mello


Só quem já provou a dor
Quem sofreu, se amargurou
Viu a cruz e a vida em tons reais

Quem no certo procurou
Mas no errado se perdeu
precisou saber recomeçar

Só quem já perdeu na vida sabe o que é ganhar
Porque encontrou na derrota algum motivo para lutar

E assim viu no outono a primavera
Descobriu que é no conflito que a vida faz crescer

Que o verso tem reverso
Que o direito tem o avesso
Que o de graça tem seu preço
Que a vida tem contrários
E a saudade é um lugar
Que só chega quem amou
E o ódio é uma forma tão estranha de amar

Que o perto tem distâncias
E o esquerdo tem direito
Que a resposta tem pergunta
E o problema, a solução
E o amor começa aqui
No contrário que há em mim
E a sombra só existe quando brilha alguma luz.

Só quem soube duvidar
Pôde enfim acreditar
Viu sem ver e amou sem aprisionar

Quem no pouco se encontrou
Aprendeu multiplicar
Descobriu o dom de eternizar

Só quem perdoou na vida sabe o que é amar
Porque aprendeu que o amor só é amor
Se já provou alguma dor
E assim viu grandeza na miséria
Descobriu que é no limite
Que o amor pode nascer




3 comentários:

Cantinho da Aracy disse...

OI querida
Obrigada por me visitar outra vez, amei.
Deixa eu te falar, o sofá que aparece na postagem não fui eu que revesti, é o sofá da minha filha, ela comprou jeans, eu passei zigzag em tudo pra não desfiar, depois levamos numa lavanderia pra lavar e desbotar e então ela levou para o tapeceiro, realmente ficou muito bom.
As sobras do jeans do sofá eu usei pra fazer as almofadas das cadeiras.
Uma linda semana
Beijos no coração

Sara Alencar disse...

Olá, lindo texto.
Gostei do seu blog, muitas docas legais.
Bjs

Bianca de Neve disse...

Eu adoro essa música! bjs